Segunda, 10 de Maio de 2021 18:35
42 9.8848-9296
Agronegócio/Meio Ambiente NATUREZA

Programa Sinais da Natureza avança na prevenção e mitigação das mudanças climáticas

Os principais resultados são o estabelecimento de consórcios regionais de resíduos sólidos, o mapeamento e as relações entre políticas ambientais existentes no Brasil, no mundo e no Paraná acerca das mudanças climáticas e a atualização do inventário de gases de efeito estufa.

27/04/2021 11h22
137
Por: Redação
A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), em conjunto com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), realizou na última semana (22 e 23) o 1° Seminário Interdisciplinar do Programa Sinais da N
A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), em conjunto com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), realizou na última semana (22 e 23) o 1° Seminário Interdisciplinar do Programa Sinais da N

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), em conjunto com o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), apresentaram os desdobramentos, inter-relações e resultados obtidos até o momento com o andamento dos 18 subprogramas que compõem o programa Sinais da Natureza.

As informações foram apresentadas no 1° Seminário Interdisciplinar do Programa Sinais da Natureza, realizado de forma virtual, e que contou ainda com a participação de representantes de outras instituições.

A implementação dos consórcios regionais de resíduos sólidos é um exemplo de iniciativa que já está em processo avançado, com estabelecimento de alguns consórcios regionais no Interior do Paraná.

Outro avanço é o mapeamento e as relações entre políticas ambientais existentes no Brasil, no mundo e no Paraná acerca das mudanças climáticas. Também se destaca a atualização do inventário de gases, que está avaliando, ano a ano, as emissões paranaenses por município no período de 2005 a 2019.

“O seminário permitiu, ao longo de dois dias, que as diretorias e os técnicos de projeto dialogassem sobre quão importante são as ações que estão e que serão realizadas, enfatizando a importância dessa temática que deve ser tratada de forma coletiva e abrangendo diversos atores”, comentou o coordenador do programa, Charles Carneiro.

EVENTO – No seminário foram apresentados e discutidos os subprogramas que constituem os módulos: políticas ambientais e adaptação; educação ambiental; e ainda o subprograma que trata da atualização do inventário paranaense de gases de efeito estufa (GEE).

As discussões também abrangeram o andamento e as próximas etapas relativas aos subprogramas que compõe os módulos: mitigação; mapeamento de vulnerabilidade, risco e resiliência; e estruturação do Plano Estadual de Mudanças Climáticas.

PROGRAMA – O Sinais da Natureza é uma iniciativa da Sedest com o Simepar que busca, por meio de projetos e ações, a prevenção e mitigação dos efeitos das mudanças climáticas.

“Minimizar os efeitos do clima é tornar uma vida mais saudável e sustentável”, disse o diretor de Políticas Ambientais da Sedest, Rafael Andreguetto.

As atividades aprovadas no referido plano de trabalho são executadas conjuntamente por profissionais de ambas as instituições. O programa é subdividido em cinco módulos: políticas ambientais e adaptação; educação ambiental; ações de mitigação; mapeamento de vulnerabilidade, risco e resiliência; e estruturação do Plano Estadual sobre Mudança Climáticas.

Cada módulo é composto por subprogramas, totalizando 18, com previsão de encerramento da fase I (Políticas Ambientais e Adaptação) em agosto de 2023.

A avaliação periódica do plano de trabalho do programa é feita pelo Comitê Técnico (Resolução Sedest nº 029/2020). O programa está inserido também no SIT – Sistemas de Informações sobre Transferências do Tribunal de Contas do Estado do Paraná.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias